6 alimentos que são símbolos de Thanksgiving

Atualizado: 13 de Dez de 2019


Thanksgiving Day é um feriado, que como o nome já diz, é dia de dizer thanks (obrigado), ou como chamamos em português, Dia de Ação de Graças. A data é celebrada maioritariamente nos Estados Unidos e no Canadá, mas quase todos os países do mundo têm uma data para celebrar a sua colheita. Todos os anos famílias americanas se reúnem para um grande jantar, com pratos típicos e repletos de muitas tradições, como já foi dito no post THANKSGIVING ou Ação de Graças - o que a gente tem a ver com isso?

Esses jantares em família buscam recriar o que eles chamam de First Thanksgiving, que foi celebrada em 1621. Alguns alimentos são símbolos clássicos de todo jantar de Dia de Ação de Graças e hoje quero explicar quais são e qual o significado de cada um deles.

Turkey (peru)

A mesa farta do jantar de Thanksgiving tem como prato principal o peru. Reza a lenda que na primeira ceia de Ação de Graças, a carne era de ganso, mas quando os primeiros colonizadores ingleses vieram para os EUA, eles substituíram o ganso pelo peru, pois havia abundância desse animal e o comércio de carnes cresceu muito a partir dali. Desde então a ave é símbolo da data.

Corn (milho)

Milho foi uma das primeiras comidas colhidas pelos colonizadores, por isso, até hoje, espigas de muitas variedades sempre fazem parte da ceia de Ação de Graças americana como base para pratos e também como decoração.

Pumpkin (abóbora)

Esse é um fruto de outono e base para a famosa e popular pumpkin pie (torta de abóbora). Também não há provas de que abóboras fossem parte da primeira ceia, mas havia plantações de pumpkin por lá na época.

Cranberry (oxicoco)

O molho agridoce de cranberry, ou a geleia de cranberry, também estava na primeira mesa de Ação de Graças e é servido até hoje. O cranberry é uma frutinha pequena e amarga. Ela cresce em pântanos como os de Massachussetts nos Estados Unidos.

Green beans (feijões de vagem)

Os nativos americanos ensinaram os peregrinos a cultivar feijão verde próximo aos pés de milho, assim os pés de feijão poderiam crescer pelo caule do pé de milho, como uma trepadeira. Assim, esse ficou conhecido como mais um alimento que não pode faltar na ceia.

Potatoes (batatas)

Definitivamente não havia batatas (nem purê de batatas!) na primeira ceia de Ação de Graças, pois não havia cultivo desse vegetal naquela época. O purê de batatas foi adicionado aos pratos da ceia 200 anos mais tarde, quando Thanksgiving já era um feriado, e uma escritora chamada Sarah Josepha Hale, que defendia a moral e bons costumes da sociedade americana, escreveu um livro com as receitas que deveriam fazer parte da ceia ideal da famílias americanas.

Nossa quanta comida! Afinal de contas a data celebra a boa colheita e fartura. Você já sabia do simbolismo desses alimentos? Sabe de mais alguma comida que faz parte de uma tradicional ceia de Ação de Graças? Comente.

Happy Thanksgiving!


© Skylimit Idiomas [email protected]

Tel: (51) 3056-4891 Whatsapp: (51)99860-2824

Rua Julio de Castilhos, 706, Santa Cruz do Sul - RS. 

Inglês | Espanhol | Alemão